Exposição «Música de Abril» abriu no Dia do Livro Português

1641

O início, na Pontinha, das comemorações dos 40 anos da Revolução dos Cravos teve lugar no dia 26 de março, com a exposição «Música de Abril», realizada em conjunto pela Câmara Municipal de Odivelas e pela Junta de Freguesia de Pontinha e Famões, no átrio da sede desta autarquia, onde estará patente até 30 de abril.

Aproveitando o fato de 26 de março ser o Dia do Livro Português, e tendo em conta que  só com Liberdade e Democracia é possível a existência, sem amarras, de pluralidade na produção cultural, com a abertura da exposição foi também apresentado o livro Um Chorrilho de Disparates, publicado pela Chiado Editora, e cuja autora é a pontinhense Sharon Collaço, que esteve presente na mesa do evento, juntamente com Corália Rodrigues, Presidente da Junta de Freguesia, e João António, em representação do Vereador Municipal Edgar Valles.

Na visita guiada à exposição foi explicado, pelos técnicos da Câmara Municipal responsáveis pela sua planificação, o porquê das imagens e objetos escolhidos para ilustrar o tema da mesma. Assim, tendo como mote a telefonia (réplica) que faz parte do Núcleo Museológico do Posto  de Comando do MFA e as duas músicas que foram as senhas da Revolução, a exposição divide-se em quatro núcleos: investigadores da música tradicional e do cancioneiro; cantores no exílio; cantores do período depois de Abril; Paulo de Carvalho e José Afonso (por serem os intérpretes das músicas-senha que puseram em marcha as operações do Movimento das Forças Armadas).

Nota: A abertura oficial das comemorações dos 40 anos do 25 de Abril no Concelho de Odivelas será a 30 de março, no Mercado de Levante da Pontinha.

DSCF7025

DSCF7019

DSCF7082

DSCF7058

DSCF7076

DSCF7099